terça-feira, 27 de agosto de 2013

NOITE DE CHOCOLATES E AUTÓGRAFOS

Como parte da comemoração dos 85 anos da Kopenhagen, Celso Ricardo de Moraes, presidente do Grupo CRM, detentor das marcas Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau, lançou na quinta-feira, 22/08, na Livraria da Vila do JK Iguatemi, em São Paulo, sua biografia “Negócios & Música”.


As páginas da biografia de Celso de Moraes, escrita  pelo autor Elias Awad, o mesmo que lançou o sucesso “Samuel Klein e Casa Bahia”,   contam fragmentos da vida  do empresário que administrou marcas como Adocyl, Apracur e Maracugina, até entrar para o doce mundo dos chocolates em 1996, ao adquirir a tradicional Kopenhagen. O exemplar  vem acompanhado de um DVD com músicas compostas por Celso Moraes, mostrando uma outra faceta do empresário que é compositor de mais de 400 canções, inclusive em parceria com grandes nomes da MPB como o cantor e compositor Toquinho.  O livro vem acompanhado de DVD com músicas compostas por Celso Moraes.

Brazilian Day em Nova Iorque Curiosidades e informações

Festa brasileira em Nova Iorque, o Brazilian Day, em homenagem à Independência do Brasil. Próximo dia 1º. De setembro- Domingo.


Atualmente o evento Brazilian Day em Nova Iorque figura entre os maiores eventos étnicos da capital do mundo com um ano de preparação.
Caravanas vindas de diversas partes dos Estados Unidos tornaram ao longo dos anos uma movimentação significativa. Só da área da Nova Inglaterra deslocam-se este ano 2013 cerca de 80 ônibus que recebem tratamento especial do evento para que possam usufruir de vantagens, tais como assistir os shows numa área reservada. 
Toda estrutura do Brazilian Day é montada em cerca de 7 horas.
A produção de montagem envolve um contingente de cerca de 250 pessoas.
O Brazilian Day localizado na Sexta Avenida, envolve a paralização de 25 quarteirões, com reflexo em duas artérias importantes da cidade. A Quinta Avenida e a Broadway.

O que mais chama a atenção dos turistas e do publico que atende ao evento é sem duvida, a alegria contagiante dos brasileiros vindos dos mais longínquos pontos dos Estados Unidos.

Tudo cronometrado deve terminar pontualmente as 6 horas da tarde. Cerca de três horas depois, todo o trafego volta ao normal na chamada “Big Apple”. 

Para as pessoas que querem ver o show de perto e em um local privilegiado a melhor opção são os camarotes em uma área de acesso ao back stage, onde os convidados podem ser fotografados ao lado de seus ídolos.

Como um dos eventos mais seguros e sem registro de incidentes, o Brazilian Day conta com o apoio de 250 policiais durante todo o dia.

Uma das maiores preocupações da produção é com a limpeza da área onde acontece o evento. Depois da realização do evento são recolhidas toneladas de lixo, e em fração de horas as ruas estão limpas.
O evento tem cobertura de mídia internacional e dos grandes canais de televisão americanos.
Musa do Brazilian Day
Todos os anos é eleita a Musa do Brazilian Day, sendo que as candidatas devem ser brasileiras, e escolhidas por um júri de profissionais artísticos e da imprensa, juntamente com o publico num evento popular que acontece no sabado.
O Brazilian Day tornou-se um festival multicultural com vendedores e expositores na divulgação de produtos, arte, culinária e folclore de vários países.

Pelo palco do Brazilian Day já passaram os mais expressivos nomes da música brasileira. Muitos homenageados pelos seus feitos, pelas suas carreiras e conquistas. Dezenas de artistas internacionais e celebridades que já passaram pelo Brazilian Day como as top models Naomi Campbell, Adriana Lima, Gloria Gaynor, Thelma Houston, Billy Paul, The Emotions, Taste of Honey e Roberta Flack.
Brazilian Day em Nova Iorque: uma operação gigante
No sábado que antecede o evento, acontece a tradicional Feijoada do Brazilian Day oferecida pela Churrascaria Plataforma no elegante Tribecca Restaurante. Um encontro memorável dos artistas do evento, convidados especiais e imprensa.Ou seja: a mais brasileria das Churrascarias dos Estados Unidos, a deliciosa Plataforma organiza e oferece suas delícias nas dependências do elegante e badalado restaurante Tribecca.
Nos bastidores do evento os convidados do Brazilian Day, dos dois camarotes, são recebidos com um buffet especial com muitas delícias do Brasil.

Uma das curiosidades do publico é como os artistas são escolhidos e quais as suas exigências. Geralmente, os artistas escolhidos como atração principal participam do evento a convite do Brazilian Day e da TV Globo Internacional. É feita uma pesquisa com leitores do jornal The Brasilians, (que produz o evento) e sugestões enviadas para a Globo Internacional.
Alguns artistas veem a oportunidade de um salto em suas carreiras mesmo no que momento estejam desfrutando de prestigio no Brasil. Entendem que fazer um show em Nova York para um publico multicultural e internacional, representa algo mais do que uma simples apresentação.

Curiosamente, muitos se emocionam e pedem para voltar.

Os únicos artistas brasileiros que se apresentaram no Brazilian Day mais de uma vez foram, Elba Ramalho, Asa de Águia, Lulu Santos, que foi o primeiro, Sandra de Sá e Carlinhos Brown.

Durante o Brazilian Day são consumidas toneladas de diferentes tipos de comida de vários países, em suas muitas tendas, que devem obedecer aos padrões e exigências de limpeza e higiene do severo Sanitation Department da cidade de Nova York.

Todos os expositores obrigatoriamente devem retirar uma licença especial junto aos órgãos competentes da cidade.

Das especialidades da cozinha brasileira, os pratos preferidos são a Feijoada e o Feijão-tropeiro.

Dos quitutes, o campeão é o pastel seguido da coxinha e da deliciosa empadinha.

Vale lembrar que na rua é proibido o consumo de álcool de qualquer espécie. Este detalhe, ajuda a manter o clima de euforia dos brasileiros e do publico em geral sem o registro de nenhum tipo de incidente, tornando o evento uma dos mais seguros da cidade.
Todos os anos os prefeitos são convidados, mas a organização evita a apresentação de políticos para não ter uma descaraterização da proposta que é exatamente a celebração das conquistas brasileiras e enaltecer o Brasil. 
Muito obrigado!

Entrevistas e informações adicionais:
Joao de Matos, Produtor do Brazilian Day
President
BACC TRAVEL
Email: go2rio@aol.com
www.bacctravel.com
www.clickandfly.com
www.brazilianexpress.com
www.brazilianday.com

Edilberto Mendes, Produtor do Brazilian Day
Editor in Chief
The Brasilians
(212) 398-6464 • Ext. 3500






AGNALDO RAYOL encanta chá beneficente da CASA HOPE

Na tarde desta quarta-feira (21) a Casa Hope promoveu um Chá Beneficente. O evento também contou com os desfiles da grife Eugenia Fleury e jóias Casa Leão – Lydia Sayeg.





Livro “Negócios & Música” Celso de Moraes

O empresário e musico Celso Ricardo de Moraes, presidente do Grupo CRM, detentor das marcas Kopenhagene Chocolates Brasil Cacau, lançou, na Livraria da Vila do JK Iguatemi, em São Paulo, sua biografia “Negócios &Música”.Como parte da comemoração dos 85 anos da Kopenhagen,as páginas da biografia de Celso de Moraes, escrita pelo autor Elias Awad, o mesmo que lançou o sucesso “Samuel Klein e Casa Bahia”, contam fragmentos da vida do empresário, mostrando uma outra faceta de Celso de Moraesque é cantor compositor de mais de 400 canções, inclusive em parceria com grandes nomes da MPB como o cantor e compositor Toquinho. O livro vem acompanhado de DVD com músicas compostas por Celso Moraes.










segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Maria de Medeiros é a convidada do Provocações nesta terça-feira (27/08)

Atriz portuguesa fala de sua carreira, da peça Aos Nossos Filhos e do filme Repare Bem, que traz dois brasileiros perseguidos durante a ditadura. Vai ao ar às 23h na TV Cultura.


São Paulo, 26 de agosto de 2013 - Apesar de portuguesa, Maria de Medeiros foi criada na Áustria, é casada com um espanhol, vive na França, trabalhou nos Estados Unidos e adora o Brasil. A entrevistada de Antônio Abuajmara, no Provocações, é ainda cantora, atriz internacional e diretora de cinema. O bate-papo com esta cidadã do mundo acontece nesta terça-feira (27/8), às 23h, na TV Cultura.

Maria de Medeiros, que atualmente está em cartaz em São Paulo com a peça Aos Nossos Filhos, comenta sobre seus trabalhos em Hollywood e defende que o ser humano tem o dever da desobediência. Além disso, conta de sua estreia como diretora  no filme Repare Bem.  Segundo a atriz, o trabalho é resultado de um convite da Comissão de Anistia e Reparação. O filme narra a história de dois brasileiros, Denise Crispim e do Eduardo Leite Bacuri, que foram perseguidos durante a ditadura militar. ”Tem Denise grávida, que consegue fugir pro Chile. No Chile é apanhada pelo golpe de estado do Pinochet e acaba na Itália. Tem 40 anos de vida de exílio na Itália e agora retorna ao Brasil. E tanto ela como a sua filha, que é totalmente italiana, a Eduarda, recebem essa anistia e esta reparação e de alguma forma se reencontram com o Brasil."

Continuando seu olhar sobre tortura e ditadura, Maria revela ser uma desobediente na vida. "Acho que temos um dever de desobediência quando se atinge o que não é eticamente possível aceitar. Quando você chega a questões como a tortura, pensa: "como é possível que a gente parou para obedecer tais ordens?. E dizer ainda por cima, como desculpa: ‘Estava só obedecendo!’ Não, o ser humano tem o dever de desobediência se é um ser humano. E por isso, claro, ainda hoje defendo essa ideia."

Durante o Provocações, a atriz também faz uma leitura da situação política e econômica de Portugal de Salazar (que governou o país de 1932 a 1968) e seu 25 de abril; e de Portugal dos dias de hoje, um país que, segundo ela, continua sendo o primo pobre da Europa. "Creio que o 25 de abril, quanto mais o tempo passa, mais me parece um exemplo. Se fizeram tantas guerras no mundo, teoricamente em nome da democracia, e dizimando, matando populações civis, realmente Portugal indicou em 1974, com a Revolução dos Cravos, qual é o caminho da democracia, que é o do diálogo."

Apesar de ter trabalhado em Hollywood com Bruce Willis e Quentin Tarantino, no clássico Pulp Fiction, e de ter contracenado com o famoso ator espanhol Javier Bardem, Maria de Medeiros diz que não conseguiu ficar rica, pois, segunda ela, não sabe administrar bem suas finanças.

Maria de Medeiros termina suas provocações tocando em assuntos como prostituição: "Eu não tenho uma opinião fixa com relação à prostituição. Não sou contra a legalização, mas também acho que o ser humano não pode ser comercializado. Já que existe a prostituição, acho que essas pessoas devem ser protegidas. Devem ser protegidas como outros trabalhadores, mas profundamente sou contra qualquer comercialização do ser humano."


Antônio Abujamra ainda lê Jean Rostand durante o programa.  

Show de Reinaldo Kherlakian para ouvir com o Coração

O cantor Reinaldo Kherlakian, acompanhado por sua banda, apresentou o show " Reinaldo Kherlakian para ouvir com o coração", no Clube Hebraica,o eclético repertório passeou por renomados compositores da música brasileira e internacional. Clássicos de Roberto Carlos, Frank Sinatra, Pixinguinha, Sammis Davis Jr., entre outros ganharam releituras românticas, com a dramaticidade imprimida pelo intérprete.Aplaudido de pé por amigos ,Vips e famosos que foram prestigiar o amigo.


         Show de Reinaldo Kherlakian para ouvir com o Coração

 matéria-by salani